Como você lida com a crítica e o fracasso?

Se as pessoas não gostam do seu “eu” real, não precisa criar uma versão para encenar.

Olhe para quem você é em Jesus Cristo.

Refiro-me à crítica depreciativa, sem nenhum propósito de ajuda, aquela que geralmente está nos lábios dos maledicentes e que não conhecem você, todos os fatos e nem a graça e misericórdia de Deus.

Não tente aprovação ou reconhecimento. Não tente afirmar-se como belo, forte ou importante.

Deixe que Jesus carregue o peso de sua significância.

Quem sabe de verdade como Deus nos vê em Cristo, é capaz de enfrentar a desaprovação e o fracasso, sem perder o equilíbrio. Sabe-se perdoado e belo aos olhos de Deus; segue em frente, modela-se baseado nesse amor incondicional e vai se tornando parecido com Jesus Cristo, na certeza de que Deus nunca desiste de nós e nada nos separa do seu amor.

 

 

Pr. Onésimo F. da Silva

Presidente do Conselho Geral da IEAB